Fatos marcantes na história da Copa do Mundo: parte 2


images/fauzan-saari-y_uppeyxxn8-unsplash.jpg

April 8, 2022

Na nossa última postagem, abordamos várias curiosidades e momentos bem memoráveis para os amantes do futebol - desde a primeira edição da Copa, em 1930, até os anos 80.

Agora, como prometido, continuaremos com as curiosidades posteriores, dos anos 90 até a Copa de 2018. Confira!

Muitas histórias aconteceram até agora

1990 - Quando um goleiro bateu um novo recorde

Em 1990, o recorde de goleiro invicto na história da Copa do Mundo foi batido pelo italiano Walter Zenga - Zenga somou 512 minutos dentro de campo cumprindo seu papel e defendendo as tentativas de gol nesse tempo inteiro. E foi apenas aos 22 minutos do segundo tempo, na semifinal contra a Argentina, que o time italiano levou um gol, terminando a partida no empate de 1x1.

1994 - Brasil, primeira seleção tetra

O primeiro título de tetra campeã foi dado à seleção brasileira em 1994 - o clássico momento da comemoração eufórica dos gritos de Galvão Bueno e os pulos de Pelé aconteceu nessa vitória. E essa também foi a primeira vez em que uma final de Copa foi decidida pelos pênaltis - após uma partida terminada no 0x0, a Itália perdeu para o Brasil, que a derrotou por 3x2.

1998 - Ronaldo sofre uma convulsão

Num momento inesperado, Ronaldo, o fenômeno, sofreu uma convulsão em seu quarto de hotel na França após o almoço. Assustando seus colegas, que à princípio chegaram até mesmo a pensar que talvez fosse algum tipo de brincadeira do artilheiro, Ronaldo realizou todo um check-up de exames e nos resultados não houve nada de errado com sua saúde. Concluíram que o artilheiro apenas passava por um momento de alta tensão, pressão e stress.

2002 - Desta vez, Brasil é o primeiro penta campeão

Apenas duas copas depois de ter conquistado o título de tetra campeã, a seleção do Brasil foi também a primeira a conquistar o título de penta campeã! E até então, ainda nenhuma seleção havia se classificado como tetra - hoje, a Alemanha e a Itália ocupam essa posição de tetra campeã, mas ninguém além do Brasil chegou a conquistar o título de penta. Seria este um sinal de que o sonhado hexa brasileiro virá antes?

2006 - Quando a polêmica cabeçada de Zidane aconteceu

A cabeçada dada por Zinédine Zidane deve ter sido o momento mais comentado da Copa de 2006 - ao perder sua razão depois de escutar as provocações dadas por Marco Materazzi, Zidani reagiu inesperadamente e atingiu o golpe de cabeça no peito do zagueiro da Itália. Materazzi fez um certo comentário maldoso sobre a irmã do francês. Anos depois, a fotografia do momento da cabeçada se transformou numa perfeita estátua, como se uma típica obra da Grécia Antiga, e foi exposta num museu de arte moderna de Paris. Naquele ano, em 2012, o diretor do museu explicou que o que a estátua significa é que, mesmo que muitas vezes os torcedores embelezem e endeusem os jogadores de futebol, eles não passam de seres humanos que cometem falhas como quaisquer outros. Atualmente, essa estátua foi transferida para o Catar.

2010 - É a vez da África

E então, a África do Sul sediou pela primeira vez um evento de Copa do Mundo na história - e foi também o primeiro país africano a sediar o campeonato. A música tema de 2010 - Waka Waka (This Time for Africa) - foi interpretada pela Shakira, e foi também a primeira vez em que a Espanha ganhou o torneio. Um fato curioso sobre isso, entretanto, é o de que o zagueiro Gerard Piqué ficou muito interessado por Shakira depois de vê-la cantando na abertura do evento. A única maneira de vê-la novamente, porém, seria estando presente na final do campeonato, quando a cantora seria também a responsável pelo show de encerramento. O espanhol se mostrou muito empenhado para que isso fosse de fato possível - e de fato foi, e eles se reencontraram e estão juntos desde então.

2014 - A derrota do 7x1

Nenhum brasileiro gosta de lembrar desta triste semifinal, quando a seleção brasileira foi massacrada pela Alemanha neste horrendo placar final de 7x1 - e dentro de seu próprio lar, aqui no Brasil. De qualquer forma, tempos ruins existem, mas geralmente é assim que os bons também ganham espaço depois.

2018 - O maior número de gols contra da história

E o recorde de maior número de gols contra durante as Copas foi registrado no ano de 2018, sendo um total de 12 gols. Mario Mandžukić, jogador croata, realizou o primeiro gol contra numa final de Copa do Mundo, aliás.

E essas foram nossas histórias

Relembrar momentos impactantes ou até mesmo aprender um pouco mais sobre fatos históricos do futebol é mais uma maneira de se manter informado e atualizado - e assim, estar ainda mais confiante para arriscar num cenário de apostas.




⚽️ 🏆 Fantasy Football para o seu escritório?

Crie um Office Fantasy Football exclusivamente para sua empresa. Deixe os funcionários competirem entre si, individualmente ou em equipes por grandes prêmios. Interessado? Então entre em contato conosco para uma demonstração e uma solução adequada.

Contato Pedido direto »